2 de ago de 2011

Problemas do Sistema Proprietário perdura ...


Além de vivermos em uma sociedade do consumo, onde o que cada cidadão vale pelo que consome, que só é feliz se puder comprar marca A ou B, sofremos também com a imposição aplicada pela própria indústria. Isto aplicado na área de informática fica entendido assim: a cada mudança de uma versão de um sistema operacional, o usuário é obrigado a fazer upgrade da sua unidade de processamento, o famoso pc, personal computer. Qualquer "firula" adicionado ao sistema, ou uma interface mais azul, lá vai o dobro de memória, placa de vídeo de ultima geração e processador, o que representa jogarmos no lixo máquinas ainda com poucos anos de utilização. Não vou entrar no mérito do que pode ser feito com estes hardwares, pois a comunidade já tem solução para isso. 
Recentemente comecei ver um outro movimento acontecendo com os smartphones, que a cada mudança da versão do SO (começou com o Windows Ce 3.0) o sistema apresentava lentidão e com isto, era preciso novo smartphone. Além disso, a cada mudança, nova compilação de softwares para atender mudanças de conectividade por exemplo ou alteração em banco de dados. Pior que isto, quem desenvolveu aplicativos para esta plataforma, agora esta às escuras, pois aquela gigante de Redmond resolveu, através de suas parcerias, abandonar a oferta do SO ao mercado, o que agora está causando um "apagão" pela falta destes hardwares. O lado bom, é que isto indica que o mercado esta mudando de mãos. O lado ruim, desenvolvedores e usuários estão sendo abandonados à própria sorte. Ninguém mandou ficar do lado errado.