14 de mar de 2013

Google Reader

Google Reader, assim como outros produtos do Google estão sendo descontinuados. Isto é normal e mostra que estamos passando por grandes transformações no uso da computação, geração e uso das informações. A única certeza é esta, a mudança. Mas o que o Google quer dizer nas entrelinhas, que se o Google Reader tinha a função de agregar informações para o usuário, este mesmo usuário que consumia o produto mudou seu hábito de acesso à informação demandado pela oferta de outros mecanismos, como as redes sociais que tem presença em diversos dispositivos, facilitando a vida para quem usa mais de um computador, dispositivos móveis, etc. Outra razão da morte do Google Reader, penso, é outra parcela de pessoas que efetivamente não leêm ou somente consomem notícias sem qualidade ou profundidade, ficando somente na pequena margem das redes sociais e com isto, também não gerão demanda por bons conteúdos gerados pelas pessoas, por seus blogs e até pelas redes sociais. O impacto disso, vamos perceber nas escolas, faculdades e na vida profissional, com pessoas cada vez mais sem conceitos e sem condições de avaliação das mudanças que estamos sofrendo;  O Google  argumenta também que está alinhando o foco e por isso "matar" alguns de seus produtos é inerente. Resta aprender com isso ajustar o nosso foco enquanto consumidor de informação e formador de opinião.

Imagem: